Talvez, você esteja procurando por um financiamento de carros, e por isso veio até aqui. Na verdade, muitas pessoas procuram pelo mesmo, e o número só aumentou de 2020 para cá. Dados de uma pesquisa da Anfavea mostram que por conta da pandemia de covid-19 várias pessoas estão apitando por comprarem um automóvel para uso pessoal. Os que não desejam comprar, querem trocar os seus mais antigos.

Entretanto, você deve imaginar que nem todas as pessoas que querem um carro possuem dinheiro para comprá-lo. Provavelmente, esse motivo te trouxe até aqui. Por que você busca financiamento de carros? Acha que pode ser o melhor jeito de alcançar o seu objetivo?

Financiar um imóvel, automóvel ou outros bens não é história nova, e nunca deixou de ser uma alternativa para quem precisa do item para ontem. Portanto, como fazer um financiamento? Como está elegível para este e quais documentos preciso apresentar para conseguir um? Continue a leitura.

Publicidade

Como funciona um financiamento de carros?

Primeiramente, o financiamento de carros é similar ao empréstimo, onde uma pessoa busca meios de adquirir um novo veículo. O motivo é que o mesmo não possui fundo suficiente, portanto realiza o pedido de financiamento em entidades financeiras.

Quando concedido, o crédito passa a ser cobrado por parcelas mensais com acréscimos de juros. Diferente de um empréstimo no financiamento de carros ou outros bens o valor das parcelas tende a ser mais baratas, além de um maior tempo de pagamento concedido.

Após ver como realmente funciona um financiamento desses, saiba quais os tipos disponíveis no mercado.

Quais os tipos de financiamento disponíveis?

Continuando, se você busca realizar o financiamento de carros, você poderá fazê-lo de três formas: Leasing, CDC, Crédito Direto ao Consumidor e consórcio. Leia mais sobre cada uma dessas formas:

Leasing

Nesse tipo de financiamento de carros, o cidadão deve entrar em contato com um banco que realiza Leasing, para que o mesmo compre o automóvel. Após o procedimento, ele aluga este bem para o consumidor que paga periodicamente pelo aluguel deste carro.

Após o pagamento integral de todas as parcelas por meio desse serviço o consumidor toma posse do seu carro. Em suma, a quantia de juros é definida assim que o contrato é aberto, ou seja, seu valor não se altera ao longo das parcelas.

Crédito Direto ao Consumidor (CDC)

Por sua vez, o CDC se trata de um empréstimo que é realizado por uma entidade financeira ou banco para realizar a compra do veículo. No entanto, a posse do carro fica com a instituição financeira que desembolsou o dinheiro para a compra do mesmo, lembrando um pouco o sistema Leasing.

Contudo, o cliente deverá pagar todas as parcelas mensais com juros definidos, até conquistar o carro. O que diferencia o CDC do Leasing é que um automóvel não é alugado para quem está pagando por ele. Portanto, ele só poderá usar o veículo quando terminar de pagar. Esse sistema se chama alienação fiduciária, é apenas permite a posse do carro para o consumidor até que o mesmo pague por todas as parcelas.

Consórcio

Sendo um dos mais populares no Brasil, o consórcio se trata de grupos onde pessoas se juntam para pagar por um bem específico. Periodicamente, cada integrante do grupo realiza o pagamento de uma fração correspondente ao valor deste item. O valor é armazenado pela entidade que gerencia o grupo do consórcio e por isso são realizados sorteios e lances ao longo do tempo.

Dessa forma, alguns dos integrantes do grupo de consórcio são agraciados e podem ganhar seu objetivo por sorteio ou ofertar valores para adquirir o bem, caso o seu lance vença. O grupo de participantes é gerido pela administradora, que também define prazos e o valor do bem.

O que precisa para fazer um financiamento de carros?

Você realmente pensa em realizar um financiamento de carros para chegar ao seu objetivo? Pois bem, antes de definir se você vai ou não dar entrada a solicitação esperada, é importante ficar ciente do que você precisa para prosseguir. Mantenha-se bem informado:

Ter nome limpo (ou limpar seu nome)

Não é possível realizar o financiamento de carros ou de outros bens estando no vermelho. Um dos passos mais importantes é ter seu nome limpo em órgãos responsáveis por gerir seu histórico de crédito, como SPC ou Serasa.

Se você estiver negativado, é impossível financiar alguma coisa. A inadimplência mostra que o cidadão não se adequa a pagar parcelas de crédito periodicamente, ou seja, ele fica como mal pagador.

Ter mais de 20 anos de idade

No entanto, se você quer realizar um financiamento de carros, também precisa ter mais de 20 anos de idade. A idade mínima ou superior dá mais segurança às instituições financeiras no geral.

Além disso, dificilmente pessoas de 19 anos ou menos possuem um bom histórico de crédito que garantirá que o financiamento seja quitado em dia. Ou seja, não é possível saber se este jovem será um bom pagador.

Além da idade mínima a máxima requerida é de 70 anos, contando com a expectativa vital do país, que é de 76 anos, conforme dados do IBGE. Pessoas com 71 anos ou mais podem estar se arriscando ao pagar por financiamentos que podem durar anos.

Comprovar sua renda

Também é de extrema importância realizar a comprovação de renda e apresentá-la no processo do financiamento de carros. Assim, você prova que sua renda é suficiente para a quitação das parcelas mensais, atestando que você pode pagar.

Lembre-se também que os financiamentos podem apenas comprometer até 30% da renda do solicitante, ou seja, dificilmente financiamentos que cobrem mais do que isso são aceitos.

Um score bom

Em conclusão, tenha um bom score para conseguir realizar um financiamento de carros. O score é uma pontuação que fica disponível junto à informação da situação do histórico de crédito. Se você estiver inadimplente, por exemplo, o score estará abaixo de 500, provavelmente.

Essa pontuação trabalha mais na possibilidade do pagamento em dia ou não, podendo pontuar de 0 a 1000. Ele é um grande indicativo para compreender perfis financeiros, e por isso existe uma avaliação sobre ele. Em suma, quanto maior sua pontuação, melhor as oportunidades de financiamento e chances para fazer um.

Documentos para o financiamento de um carro

Você cumpre todos os requisitos para realizar um financiamento de carros? Então, reúna a sua documentação com base nas informações abaixo. Reúne as originais e não deixe de fazer cópias:

  • CPF;
  • Documento de identificação;
  • Comprovante de renda ou extratos bancários;
  • Comprovante do seu estado civil.

Conclusão

Em conclusão, o financiamento de carros é uma opção popular para muitas pessoas que desejam adquirir um veículo, mas não têm o valor total disponível. Embora possa ser uma maneira conveniente de realizar esse objetivo, é essencial considerar cuidadosamente os termos e condições do financiamento, como taxa de juros, prazo e pagamentos mensais, para evitar contratempos financeiros.

Por fim, é fundamental ter uma compreensão clara de sua capacidade de pagamento e garantir que o financiamento se encaixe em seu orçamento geral. Com planejamento adequado e responsabilidade financeira, o financiamento de carros pode ser uma ferramenta útil para tornar a compra de um veículo mais acessível e viável.